18 de outubro de 2021
Uma tremenda satisfação

Uma tremenda satisfação

Orlando Brito

A expressão “grande mídia” até pouco tempo atrás era exclusividade das tradicionais e robustas empresas de Comunicação, dos seus jornais impressos diários, as revistas semanais, as redes de tevê e as cadeias de rádio. O tempo passou, as novas tecnologias chegaram e trouxeram consigo os chamados “tempos modernos”. A Internet mudou por completo o comportamento dos habitantes do planeta.

As redes sociais deram voz a cada cidadão, facultou-lhe toda independência e liberdade de comunicar-se. De dizer o que, quando e sobre aquilo que bem desejar. No meu caso, fotógrafo, fui duplamente beneficiado porque surgiu também o processo digital para captar imagens. Quando comecei no jornalismo — nos idos de 1966, ainda menino na Última Hora de Samuel Wainer –, e depois, Brasil a dentro e mundo a fora, durante anos e anos no Globo, na Veja, Jornal do Brasil etc, você mandava os filmes por avião. Ou transmitia as imagens por meio do ruidoso aparelhinho de telefotos. Algo impensável nos tempos atuais.

Hoje, quando faço um clic, a foto viaja simultaneamente para onde eu programar no wi-fi acoplado à minha moderna câmara. Algo bem dinâmico e bem de acordo com essa iniciativa do nosso Coletivo Jornalistas Online. Uma tremenda satisfação em ancorar-me nesse porto de notícia, comentários, opiniões de colegas qualificados, merecedores de credibilidade, experientes e atualizados com os novos tempos. E, sobretudo, independentes.

Escrito por
Orlando Brito